[Leia.Seja.] O que é o leitor?

Quantos livros você leu só neste ano? Independente da quantidade de páginas ou do gênero literário. Quantos? Dois ou três? Mais? Se for um único livro, qual a sensação de fechá-lo e encerrar uma história?

Não importa se você está lendo em casa, no trabalho, no ônibus ou no metrô... Viver um mundo distante do seu, observar a vida de um personagem através das suas crenças e experiências de vida traz uma sensação diferente para cada um. Você pode ler a crítica literária daquele blogueiro que você adora e mesmo assim pode passar longe da ideia que ele criou sobre um livro.

Definir um leitor por suas escolhas literárias é esquecer que somos pessoas com gostos diferentes. Pessoas que vão da leitura de clássicos a Young Adult sem julgar aqueles que leem autoajuda. É aceitar que cada vez mais os autores estão dando a chance para que todos encontrem um pedaço do que buscam dentro de cada livro.

Então, por que desprezar leitores de um gênero literário que foi escrito pensando neles? Em um mundo onde os jovens precisam aprender a se posicionar cada vez mais cedo, ter um autor que pense neles não deveria ser bom?

É hora de aproveitar a onda de livros que está surgindo e ganhando espaço entre um público que lê pouco. Jovens que leem por gosto e não por serem obrigados. É a vez de pensar naqueles que não foram conquistados pelos clássicos. É a vez de pensar em quem vai sair da sua zona de conforto e abrir um novo livro. Seja ele qual for.


Porque ler é algo que molda você e aumenta o seu caráter. Cada triunfo, lição e momento crucial da vida do protagonista se tornam seu.

Esta semana todas as postagens serão voltadas para o Dia Mundial do Livro, em apoio a campanha Leia.Seja., realizada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (se quiser saber mais sobre ela dá uma olhadinha no post que saiu aqui no blog).

Não deixe de acompanha a página da campanha no Facebook. Aproveita e deixa aqui nos comentários o livro que te tornou leitor. ♥

3 livros do Harlan Coben que você precisa ler


Não é novidade que o Harlan Coben é um dos meus autores favoritos e está sempre presente aqui no blog. Desde o primeiro livro que tive a chance de conhecer, as suas histórias nunca me decepcionaram. Sempre me surpreendem e me deixam ansiosa para chegar ao final.

Para os fãs de romance policial, o autor já é um velho conhecido. Com uma escrita que envolve o leitor desde a primeira página, o autor ficou conhecido como "o mestre das noites em claro" e é o único escritor a ter recebido a trinca de ases da literatura policial americana: o Anthony, o Shamus e o Edgar Allan Poe, todos por livros da série de Myron Bolitar.

Por isso, resolvi separar alguns dos livros que mais me surpreenderam e que você precisa conhecer. Para aqueles que não costumam ler romances policiais são ótimas dicas para descobrir um novo estilo de leitura. Para aqueles que já são fãs, são livros que merecem um espacinho na sua estante.

1. Confie em mim


Por que começar com esse? É um dos livros independentes do autor que me conquistaram logo de cara. Daqueles que no primeiro capítulo você já tem várias teorias criadas e desconfia de todos. Um adolescente comete suicídio durante uma festa, uma mensagem suspeita e outro adolescente desaparece. Além de uma foto que pode mudar o suicídio para assassinato.

Assim como o título, a história trata-se principalmente sobre confiança e até que ponto os pais podem invadir a privacidade de um filho para protege-lo do mundo.

Onde comprar: Amazon | Confira a resenha aqui no blog.

2. Não conte a ninguém


O livro traz a história do Dr. David Beck, um pediatra que perdeu a esposa, Elizabeth, de forma misteriosa durante o 13º aniversário do seu primeiro beijo. Na época do assassinato, o caso foi esclarecido e o principal suspeito foi KillRoy, um famoso serial Killer responsável por vários assassinatos de mulheres. Oito anos depois David recebe um e-mail que somente sua mulher poderia ter enviado.

Onde comprar: Amazon | Confira a resenha aqui no blog.

1. A Grande Ilusão


Nunca um título descreveu tão bem uma história! Esse é um dos melhores (se não o melhor) livro do autor. "A Grande Ilusão" foi publicado no ano passado pela Editora Arqueiro e ganhou a minha atenção apenas pela sinopse.

Nele você vai conhecer a Maya, capitão do exército americano, exímia atiradora e de personalidade forte. Ela serviu pela última vez no Iraque e um de seus regastes causou a morte de alguns civis.

De volta da guerra, seu marido é assassinado e Maya foi a única testemunha do crime. Quando, dias após o ocorrido, uma câmera escondida grava seu falecido marido brincando com a sua filha na sala de casa, as dúvidas começaram a surgir em sua mente. É possível acreditar no que ela viu no dia do assassinato? Seria possível que Joe estivesse vivo?

Acredite você PRECISA ler esse livro! Neste novo livro, o autor comprova o quando é capaz de controlar e esconder os fatos até que ache necessário mostra-los ao leitor. Além de mostrar o motivo de ter ganhado o título de "o mestre das noites em claro". Apenas leia!

Onde comprar: Amazon | Confira a resenha aqui no blog.

Lançamentos: Darkside Books

Conhecida por ser a primeira editora no Brasil a trazer livros de terror e fantasia, a Darkside conquista o leitor desde a capa. Neste mês não será diferente! Uma lista incrível de lançamentos nos aguarda. Preparem os bolsos!


O Corvo - Edição Definitiva

E se a morte não fosse o fim para quem deseja vingança? A partir de uma tragédia pessoal, James O’Barr criou a história de Eric Draven, que retorna para perseguir seus assassinos depois que estes interromperam uma vida de sonhos ao lado de sua amada Shelly. Sucesso desde quando começou a ser publicada de forma seriada e independente, em 1981, a jornada espiritual e a incapacidade de vencer o luto, aliadas à arte em preto e branco, as citações musicais de ícones do pós-punk e o lirismo do autor, carregam a graphic novel com uma sombria melancolia, que cativou e tocou o coração dos leitores.

Esta versão definitiva deste clássico dos quadrinhos traz a força da arte e dos textos góticos de O’Barr, em edição mais que especial. Além de reunir a história completa criada pelo autor na época do lançamento, O Corvo – Edição Definitiva apresenta ainda trinta páginas de artes inéditas, além de uma sequência que o quadrinista não se sentiu a vontade para produzir nos anos 1980, conforme O’Barr confessa na introdução inédita.

Onde comprar: Amazon

Casa dos Espíritos

Você é o nosso convidado de honra para ler o que poucos conseguem ver. Uma casa perdida no meio do nada parece ser um bom lugar para esconder os mais sombrios segredos. Principalmente quando se trata de uma casa invisível a olhos não autorizados por seu dono, o enigmático Andrew Ranulf. Há muitas coisas que você deveria saber sobre Andrew. A mais importante de todas seria manter distância dele. Mas talvez você não consiga resistir à tentação de descobrir o que esse cara está evocando. Ele é um fenômeno que surge em todos os lugares onde Bem-vindo à Casa dos Espíritos é lançado. Não diga que não foi avisado. Protagonista do livro de Christopher Buehlman, Andrew é um imigrante russo que guarda em casa uma perigosa relíquia da antiga União Soviética. Membro dos Alcoólicos Anônimos, há dez anos longe das garrafas, ele também é um bruxo famoso. Sua técnica de conversar com os mortos através de vídeos atrai muitos clientes. Por mais estranho que pareça, Andrew também tem sentimentos e possui uma dona para o seu gélido coração: uma sereia de carne, osso e escamas. Todo cuidado é pouco para não seguirmos seu canto até o fundo do lago. Misturando antigas fábulas com uma narrativa moderna que encanta leitores em todo o mundo.

Bem-vindo à Casa dos Espíritos é mais um lançamento para os destemidos leitores da DarkSide Books em 2018. Andrew Pyper – autor de O Demonologista, outro best-seller da editora que surpreendeu o mercado brasileiro – é o primeiro a afirmar: “Bem-vindo à Casa dos Espíritos é ao mesmo tempo belo e aterrorizante, mágico e realista, literalmente maravilhoso".

Onde comprar: Amazon



O Colecionador

O Colecionador é a história de Frederick Clegg, um homem solitário, de origem humilde, menosprezado por uma sociedade esnobe, que encontra o grande amor de sua vida. Tudo o que ele deseja é passar um tempo a sós com ela, demonstrar seus nobres sentimentos e deixar claro que eles nasceram um para o outro. O Colecionador também é a história de Miranda Gray, uma jovem estudante de artes sequestrada por um maníaco que acha que pode obrigá-la a se apaixonar por ele. Tudo o que ela deseja é escapar do cativeiro, e vai usar de toda sua inteligência para sobreviver ao inferno em que sua vida se transformou. O Colecionador é um livro narrado por dois personagens antagônicos: o sequestrador e sua vítima. Ferdinand e Miranda. Todos temos um pouco dos dois dentro de nós, concluímos ao final de suas páginas — quem consegue se desgrudar delas? Essa obra-prima lançada em 1963 continua perigosamente atual.

Best-seller internacional, e ainda um sucesso de venda nos sebos após décadas fora de catálogo no Brasil, o grande romance de estreia de John Fowles está de volta com uma edição digna de colecionador, e aquele padrão de qualidade psicopata que só a DarkSide Books tem. Com direito a capa dura, prefácio do mestre Stephen King e outros conteúdos inéditos. O feminismo, a solidão, a luta de classes, a liberdade, o que pode ou não ser considerado arte e o que pode ou não ser considerado amor... estes são apenas alguns dos temas que o autor traz à tona. Numa época sem textão de redes sociais, era com literatura de qualidade que pensadores dissecavam o mundo à sua volta. Com O Colecionador, a DarkSide abre a janela para que Miranda consiga sair do cativeiro e que sua história volte a encantar novas gerações de leitores.

Onde comprar: Amazon

Neurocomic

Os grandes questionamentos nos acompanham na nossa evolução diária. Você sabe do que seu cérebro é feito? Sabe como funciona nossa memória? Sabe o que é um neurônio? Você já deve conhecer a lagarta de Alice no País das Maravilhas e sua clássica pergunta: "Quem é você?". Neurocomic: A Caverna das Memórias é uma verdadeira viagem através do cérebro humano: um lugar repleto de florestas de neurônios, cavernas escuras que abrigam memórias adormecidas e enormes castelos ruídos pela decepção. Ao longo desta surpreendente jornada, você vai encontrar seres estranhos que habitam os recantos mais obscuros da nossa mente, como lulas gigantes e lesmas marinhas que tocam banjo, além dos grandes pioneiros da neurociência.

Criado pelos neurocientistas Hana Roš e Matteo Farinella, Neurocomic: A Caverna das Memórias traz toda a força didática que uma história em quadrinhos pode ter, apresentando uma excelente compreensão sobre o nosso cérebro, ainda considerado a coisa mais complexa do universo.

Onde comprar: Amazon



Sexta-Feira 13 [Arquivos de Crystal Lake]

As páginas da nova edição de SEXTA-FEIRA 13 [ARQUIVOS DE CRYSTAL LAKE] estão cheias de sangue. e isso não é uma força de expressão. As manchas vermelhas foram pintadas à mão, o que faz de cada livro um exemplar único, digno de colecionador. O autor disseca os segredos por trás do filme de 1980, que deu origem ao assassino com a maior contagem de corpos do cinema Slasher: o imortal Jason Vorhees. O homem por trás da máscara está de volta, mais sangrento do que nunca.

SEXTA-FEIRA 13 [ARQUIVOS DE CRYSTAL LAKE] – BLOODY EDITION traz fotos inéditas e centenas de depoimentos dos atores, membros da equipe e de fãs que também se destacaram no mundo do terror. A cada parágrafo, você vai se sentir andando pelos bastidores das filmagens. Leia o que o astro Kevin Bacon, o diretor Sean S. Cunningham, a donzela Adrienne King, mamãe Betsy Palmer e os rivais Wes Craven e Robert Englund têm a dizer sobre esse clássico. Jason permaneceu calado. David Grove tomou coragem para revirar os corpos empalados a machete, entre outros objetos perfurantes, e encontrou pérolas que os verdadeiros fãs não podem perder por nada. O prefácio é assinado pelo mestre Tom Savini, responsável pela maquiagem e os efeitos especiais de qualquer bom filme sanguinolento que se preze. Incluindo, claro, Sexta-Feira 13.


Onde comprar: Amazon

Leve-me com Você

August Shroeder é um professor de ciências desacreditado e um alcoólatra em recuperação. Todos os anos, seu destino nas férias de verão é o mesmo: a estrada. Em seu trailer, ele percorre quilômetros e mais quilômetros nas rodovias para visitar os belíssimos parques e reservas naturais. Seu plano era visitar o Parque Nacional Yellowstone com seu filho, Phillip, mas agora não há ninguém no banco do passageiro — apenas um punhado de cinzas guardado no porta-luvas, em uma garrafa de chá carregada de significado. Quando o trailer quebra, August busca conserto na oficina mais próxima. Mas, além do motor home pronto para seguir viagem, ele sai de lá com dois garotos a tiracolo — seus novos companheiros nessa road trip — e a chance de repaginar uma viagem que tinha tudo para ser melancólica e permeada por lembranças doloridas.

É com a sensibilidade e o encanto que se tornou marca registrada dos livros da linha DarkLove que Catherine Ryan Hyde fala sobre honestidade, luto, perdas, conquistas e transformações, desatando nós nos corações dos leitores e curando feridas que ninguém imaginava ter. Com sua voz poderosa, que já emocionou milhares de leitores pelo mundo, traz à tona uma discussão sobre a imprevisibilidade da vida e como família nem sempre significa dividir o mesmo sangue.

Onde comprar: Amazon