O que eu li: Sherlock Holmes – Um estudo em vermelho

Sherlock Holmes – Um estudo em vermelho
Autor: Arthur Conan Doyle
Ano de Lançamento: 2009
Número de páginas: 232
Editora: ZAHAR
O cadáver de um homem, nenhuma razão para o crime. É a primeira investigação de Sherlock Holmes, que fareja o assassino como um “cão de caça”. Lamentava-se de que “não há mais crimes nem criminosos nos nossos dias”, quando, nesse instante, recebe uma carta a pedir a sua ajuda. Sherlock Holmes não resiste ao apelo, mas sabe que o mérito irá sempre para a Polícia.


Sherlock Holmes: Um Estudo em Vermelho é o primeiro livro que dá início a toda a história de um brilhante detetive – Sherlock – e (sem esquecer é claro) do seu fiel escudeiro – Doutor Watson. 

A história do maior detetive da ficção surgiu em Novembro de 1887, editado e publicado originalmente pela revista Beeton's Christmas Annual. Hoje, Sherlock Holmes é um dos personagens mais famosos da ficção por sua habilidade para desvendar crimes aparentemente insolúveis. 

Um Estudo em Vermelho relata a primeira aparição de Holmes e o momento que conhece o Dr. Watson, que se torna o seu parceiro de aventuras. 

Dr. Watson é um médico, formado pela Universidade de Londres. Terminando os estudos, foi designado para o Quinto Regimento de Fuzileiros do Northumberland, como cirurgião assistente. Ferido durante a guerra no Afeganistão foi despachado para a Inglaterra. Desembarcou um mês depois no cais de Portsmouth, com a saúde irremediavelmente arruinada, mas com a permissão para passar os próximos nove meses tentando melhorá-la. Depois de algum tempo vivendo em um hotel e gastando mais dinheiro do que tinha, Watson decidiu que precisava mudar o seu estilo de vida. Nesse mesmo dia ele conhece Sherlock Homes, um jovem peculiar, que trabalha no laboratório químico do hospital e que está em busca de alguém que possa dividir um apartamento.
"Considero o cérebro do homem como sendo inicialmente um sótão vazio, que se deve mobiliar conforme se tenha resolvido. Um tolo atulha-o com quanto traste vai encontrando à mão, de maneira que os conhecimentos de alguma utilidade para ele ficam soterrados ou, na melhor das hipóteses, tão escondidos entre as demais coisas que lhe é difícil alcançá-los. Um trabalhador especializado, no entanto, é muito cuidadoso com o que leva para o sótão da sua cabeça. Não quererá mais nada além dos instrumentos que possam ajudar o seu trabalho; destes é que possui uma larga provisão, e todos na mais perfeita ordem. É um erro pensar que o dito quartinho tem paredes elásticas e pode ser distendido à vontade. Segundo as suas dimensões, há sempre um momento em que para cada nova entrada de um conhecimento a gente esquece alguma coisa que sabia antes."
Após de eles estarem devidamente instalados, o interesse de Watson em desvendar o seu companheiro cresce. Holmes possuí habilidades incríveis e curiosas, ninguém sabe o propósito de seus estudos.  Ele não possuí conhecimentos em diversas áreas como literatura, filosofia e política. No entanto tem profundos conhecimentos em química, anatomia, violino e em esportes como esgrima, boxes e bastão.
 “Evidentemente, a convivência com Holmes não era difícil. Ele tinha hábitos tranquilos e regulares. Era raro vê-lo em pé depois das dez horas da noite, e invariavelmente já havia feito o seu desjejum e saído quando eu me levantava de manhã. Às vezes passava o dia no laboratório químico; outras, na sala de dissecção; e ocasionalmente em longos passeios, que pareciam levá-lo às partes mais sórdidas da cidade.” 
Ao descobrir os interesses do seu companheiro em crimes policias, surge o primeiro grande mistério para Sherlock Holmes resolver: “O mistério de Lauriston Garden”.  Um enigma para a polícia, que pede ajuda a Holmes. Um homem – Enoch J. Drebber, Cleveland – é encontrado morto em uma casa desabitada, sem ferimentos, mas cercado de manchas de sangue. E no seu rosto, uma expressão de pânico.

A primeira parte do livro é conduzida por Holmes, que desvenda todo caso. Já a segunda parte, o autor dedica para contar a história do criminoso. É nestes capítulos que ele descreve tudo o que levou Mr. Jefferson Hope a cometer dois assassinatos.

Sherlock Holmes: Um Estudo em Vermelho é um livro incrível, cheio de mistérios e que estimula (e muito!) o leitor a criar diferentes hipóteses e fantasias na tentativa de desvendar o caso. (Detalhe: O livro da foto é a Edição Definitiva. Nele você vai encontrar várias ilustrações e comentários. ^^)
  1. Eu quero começar a ler os livros do Sherlock, porque até agora eu só vi dois filmes e, apesar de eu achar que eles passam rápido demais e eu fico sem entender, gosto do raciocínio dele, da forma como ele conduz o leitor ao clímax.
    Que bom que cheguei aqui, porque agora já sei com qual livro vou começar a ler! ^^
    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi! Eu tenho certeza que você vai adorar os livros da série! São incríveis e cheio de surpresas.
      Beijos!

      Excluir
  2. Eu tenho todos eles dessa edição definitiva, comecei comprando os de contos faz um bom tempo, antes de eles serem vendidos no box.
    Ainda não li O vale do medo (sou do tipo que fica com pena de terminar uma serie, mesmo podendo ler todos os livros outra vez -.-), mas adoro todos os outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna! Eu também tenho as outras edições. Mas adorei quando eu vi essa edição na livraria. Achei incrível. Ainda não li todos, mas já me dá uma pena saber que faltam poucos para terminar a série rs. D:
      Beijos.

      Excluir
  3. Oi, amore! Tudo bem?
    O que dizer? Que bom que Conan Doyle nos deu esse detetive fascinante!
    Seguindo aqui, se puder retribuir, segue meu diário virtual:
    http://odiariothompson.blogspot.com.br/

    ...beijinhos***

    ResponderExcluir
  4. U__U. Quero muito conhecer mais sobre o autor. digo, ler mais sobre o Sherlock. apesar de já ter encontrado alguns contos online, não sou fã de ler na internet. vou fazer um esforço e comprar os livros
    Emilie Escreve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emilie! Eu também não gosto muito de ler online. Cansa bastante e eu acabo fuçando outras coisas no computador e não presto atenção na leitura. rs :( Mas compra sim, porque você vai adorar. É uma série incrível. :) Beijos

      Excluir
  5. Amei seu blog,ele é lindo,com cores apaixonantes e um design impecável!
    Sou fã de Sherlock Holmes,eu amei o post,possui bastante informações,a resenha também está ótima!
    Obrigada por compartilhar do que você leu!

    Flights and Dreams: Voe comigo
    www.flightsanddreams.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey, que linda. Muito obrigada mesmo. *-*

      Excluir
  6. seguindo
    segue o meu blog http://garotadeinterior.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, Michelly!
    Até eu só assisti aos filmes sobre o Sherlock, mas ainda não li nenhum livro. Sua resenha ficou maravilhosa!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. olá, encontrei sua resenha pelo google e vi que vc está no encontro de blogueiros, eu tbm estou!
    Espero te conhecer lá! :)
    Tbm amooooo Sherlock Holmes, parabéns pela resenha, beijos!
    www.idelmaria.com

    ResponderExcluir

DEZOITO PRIMAVERAS - ONLINE DESDE 2012. DESIGN E PROGRAMAÇÃO POR MICHELLY MELO (Eu!). Todos os direitos reservados