Resenhas

Trago seu amor de volta sem pedir nada em troca Ique Carvalho Ler a resenha
As Coisas Que Fazemos Por Amor Kristin Hannah Ler a resenha
Fortaleza Impossível Jason Rekulak Ler a resenha
Os Três Sarah Lotz Ler a resenha

Slide

Os lançamentosda Editora Arqueiro Confira a lista de livros que serão publicados neste mês! A editora traz livros incríveis para este final de ano.

A MALDIÇÃO DE HOLLOW (NORA ROBERTS) O tempo está acabando. Com o sétimo mês cada vez mais próximo, os nossos seis amigos precisam encontrar algo que detenha Twisse. A cada dia eles conseguem sentir o demônio cada vez mais forte e desta vez ele está usando o medo de cada um para tentar derrota-los.

A CASA DO LAGO (KATE MORTON) "A Casa do Lago" é um romance recheado de mistérios e aventuras. Nele você irá conhecer, a partir do ponto de vista de cada personagem, o mistério que envolve a famosa casa da família Edevane na Cornualha.

Só mais um que eu esqueci

Postado por:

Tags:



Escrevi e apaguei esse texto várias vezes sem saber por onde começar. Sabe quando vem aquela vontade imensa de escrever, mas você não sabe como começar? Mesmo que você tenha uma ideia sobre o que você vai falar, parece que nada acontece. Dá um branco, como aqueles que sempre acontecem em provas importantes. Formo várias frases, que não agradam. Então começo de novo. E de novo. E nunca fica bom de um jeito que eu consiga continuar o texto. Mas a ideia continua ali. Quietinha. Escondida. Apenas esperando que você comece a escrever para que ela perca a vergonha e se mostre por completo.

Às vezes recorro até aquelas música que sempre me inspiram. Algumas vezes até funciona, mas na maioria das vezes só me faz ter certeza que não sei como ir em frente. Só uma frase. E o resto vem fácil. Mas é esse comecinho que me mata. Penso tanto em como começar o texto, que me perco na ideia inicial. No tema que eu tinha escolhido. Como nesse texto. Não me lembro mais sobre o que eu estava pensando.

E aí, Mi? Lá vamos nós de novo.

Eu sei, eu sei. Dá última vez prometi para mim mesma que ficaria alguns bons meses com o layout antigo, mas o que eu posso dizer? Foram três meses aguentando a vontade de começar a editar, até porque eu ainda gosto muito do layout antigo. Para ser sincera fiquei com uma dó danada de mudar, mas vamos a frase mais famosa desse blog: o blog é um espelho do blogueiro e as coisas mudam. Olha, até eu já cansei dessa explicação, mas quem não concorda?

Bom, dá para perceber que algumas coisas não mudaram muito. Resolvi não fazer nada tão diferente, porque acho que me identifiquei mais com ele desse jeito. Gostei das cores e também mantive o título. Claro, fiz algumas mudanças nele, mas mantive a fonte. Mas enfim. É isso. Nada muito drástico, mas continua muito parecido comigo. E acho que você vão gostar também.

Musiquinha para animar o restinho da semana!


Beijos!

A Mulher do Viajante no Tempo (Audrey N.)

Postado por:

Tags:



Essa foi de longe uma das leituras mais dificeis desse ano. Nao sei se foi porque logo de cara eu criei uma certa empatia pelo livro ou foi por esperar demais da leitura. Nao sei. Talvez eu esperasse que alguma coisa me surpreendesse, mas nao foi bem assim. Nao digo que e um livro ruim, porque ha momentos que cativam o leitor. Ainda assim foi muito difícil escrever a resenha.
Nem Tempo nem Lugar, nem a Sorte nem a Morte podem dobrar os mais insignificantes dos meus desejos o mínimo que seja.
O livro conta a historia de Henry, um rapaz que descobre sua capacidade de brincar com tempo quando ainda era novo. Isso nem sempre lhe rendeu bons momentos. Principalmente, porque sempre que acontece, Henry nao pode levar nada, inclusive suas roupas. Aqui rende ao leitor algumas historias muito engraçadas. Suas viagens para o passado ou futuro são causadas quando sofre uma forte emoção.

De quando em quando, Henry é transportado para a infancia ou juventude de Clare, sua esposa no futuro. Um relacionamento que começa de uma forma bastante estranha, mas é capaz de renovar os vínculos entre os dois.
Às vezes, fico feliz quando Henry some, mas sempre fico feliz quando ele volta.



No geral, é um livro interessante. Foi difícil me prender a história. Chegou em algumas partes que sinceramente pensei que fosse largar o livro e ir para o próximo, mas valeu a pena a leitura. A autora tem um forma bastante simples de expor os detalhes. Talvez o que tenha me atrapalhado foi a falta de uma sequência na história no começo. Eu acabava me perdendo na forma como os capítulos foram distribuidos. Depois de alguns capítulos você até se acostuma, mas é preciso um pouquinho de ânimo para ir até o final.

Um pouco do futuro

Postado por:

Tags:



Gosto de pensar em como serão as coisas daqui a alguns anos. Sabe, onde vou estar morando ou qual será o meu trabalho. Não que eu queira controlar tudo que vai acontecer, acho que está mais para curiosidade. Quem nunca se pegou imaginando o futuro? Depois de tantos anos já passei por várias versões (se é que eu posso chamar assim) do mesmo sonho.

Uma certa vez eu estava louca pela pirâmides astecas e toda a aquela coisa histórica sobre elas, naquele ano imaginei que no meu futuro estaria morando no México, talvez em alguma cidadezinha próxima daquelas pirâmides enormes. Adorava o espanhol, não curtia muito o clima quente, mas tinha certeza de que seria o lugar perfeito. No ano seguinte tudo tinha mudado. Eu queria estar na Inglaterra. Já não gostava tanto assim do espanhol e preferia o inglês, embora o inglês não seja o meu forte. Acho que a única coisa que se mantinha de certa forma igual era o meu trabalho. E ainda hoje, por mais que tudo continue mudando, mantenho firme a mesma ideia.

Às vezes me decepciono com a ordem que as coisas acontecem. É difícil entender que nem sempre as coisas seguem uma ordem lógica para gente, mas gosto de me divertir imaginando.

Meme: Conhecendo o seu blog

Postado por:

Tags:



Esses dias recebi um comentário do fofo do Matheus, do blog Dodlee Luv com uma indicação para um meme, mas acho que na correria e até na minha falta de ânimo para parar e escrever acabei esquecendo de postar o meme aqui para vocês. Bom, mas como dizem: antes tarde do que nunca, rs. Então vamos lá!

1. Como escolheu o nome do seu blog?
Sempre tive problemas com nomes. Não sou muito criativa para isso, por isso o nome do blog veio de algo um tanto sem graça mesmo, rs. Na época que eu criei o blog ele tinha outro nome e já não me sentia mais a vontade com ele. Então comecei a pensar em outro, foi a aí que me veio um ideia que me pareceu servir e me agradou bastante: juntei a estação do ano que eu mais gosto (tudo bem talvez a segunda que eu mais goste, mas enfim...) com a minha idade. Por isso o 18 primaveras. Sem graça eu sei, nada que dê para escrever um livro rs, mas pareceu mais comigo.

2. Há quanto tempo tem seu blog?
O blog foi ao ar dia 04 de janeiro de 2012, então já sobrevivemos a muitas coisas aqui. Para ser mais dramática, muitos altos e baixos rs.

3. Como você divulga seu blog?
Uso bastante o twitter, por ser uma das redes sociais que mais gosto e também uso a fanpage do blog.

4. Quais os assuntos que tem mais visualizações no seu blog?
Desde que criei o blog, isso vem variando bastante, mas hoje são as tags mais pessoais e também as que estão relacionadas a música.

5. O que motivou você a criar um blog?
Sempre gostei do mundo blogueiro, mas não tinha coragem de começar a escrever em um espaço só meu. Acho que porque sempre fui muito tímida, mas enfim. Quando criei o blog, foi porque queria compartilhar um pouco do que eu gostava e conhecer opiniões novas.

6. Você mora onde?
Sou de São Paulo.

7. Quais os seus objetivos com o blog?
Fazer com ele cresça mais e mais, mas sempre mantendo o meu objetivo inicial: que seja algo meu. Que mostre coisas que eu gosto e não seja um lugar para copiar coisas que estão na "moda". E principalmente, que seja um lugar que o leitor possa se identificar e sentir vontade de voltar sempre.

8. Quais blogs você visita frequentemente?
Gosto de sempre conhecer blog novos, mas estou sempre nos meus blogs paceiros. E claro, não dá para esquecer o Blog do meu gordo lindo: Matheus. <3

9. O que te inspira a criar posts?
Sou um pessoa que pode se inspirar com qualquer coisa, mas as ideias normalmente aparecem quando estou escutando alguma música ou lendo. Pode ser um livro ou até mesmo um post qualquer.

10. Qual sua idade?
Infelizmente cheguei nos 20, rs. Não reclamo, mas às vezes sinto que tudo passa tão rápido.

11. Além do blog, tem outra ocupação? Se sim, quais?
Bom, apenas o trabalho e a faculdade. E de vez em quando, alguns trabalhos com layouts que me divertem muito.

12. O que mais gosta de fazer nos finais de semana?
Ler, Ler e Ler, mas ultimamente ando muito preguiçosa.

13. Gosta de café?
Muito! Café é vida, gente.

14. Pretende fazer algo em 2014 para o blog?
Não sei. Para ser bem sincera ainda não parei para pensar nisso. Gosto das coisas como estão, mas sei que podem melhorar muito. Talvez faça algumas mudanças pequenas, mas com relação as postagens. Por enquanto minha única meta e compromisso, é manter esse layout por um tempo maior que os outros, rs.

Não vou indicar ninguém em especial, mas sintam-se a vontade para responder certo?
Beijão!

Não Conte a Ninguém (Harlan Coben)

Postado por:

Tags:



Depois de tanto ouvir o Matheus falar sobre esse livro (e olha, não foi pouco, rs), eu acabei ficando muito curiosa para conhecer melhor a história. E para dizer a verdade, me surpreendi bastante com esse livro.

O começo é sempre a parte mais difícil para mim. Talvez por não saber exatamente o que esperar, ou por torcer para que aquele livro não me decepcione, por isso acabo demorando um pouco para pegar gosto pela leitura. Acho que esse é o motivo que nunca me deixa abandonar um livro assim logo de cara. Mas Mi, o que isso tem a ver com esse livro? Então, foi uma surpresa para mim ter me identificado com ele logo no primeiro capítulo. Talvez por já começar com um suspense e um história muito intrigante me deixou ansiosa pelas próximas páginas. Encontrar um livro que te prenda dessa forma, hoje, é um pouco difícil. Não digo que é impossível, mas dá um trabalho danado. Mas enfim.

O livro traz a história do Dr. David Beck, um pediatra que perdeu a esposa, Elizabeth, de forma misteriosa durante o 13º aniversário do seu primeiro beijo. Na época do assassinato, o caso foi esclarecido e o principal suspeito foi  KillRoy, um famoso serial Killer responsável por vários assassinatos de mulheres, foi condenado pelo crime.



Oito anos depois David ainda sente a morte de sua mulher e vive apenas para o trabalho, até receber um e-mail que somente Elizabeth poderia ter enviado. Mesmo que não pudesse explicar como e o motivo que fez com que sua esposa só retornasse agora, Beck sabia que ela estava viva. O e-mail deixava claro o perigo que o envolvia e pedia para ele não contasse a ninguém. Todo o suspense que envolve a morte de Elizabeth volta a tona depois dessas mensagens e David que começa a investigar por si só o que aconteceu a oito anos, se torna o principal suspeito pela morte da esposa.
Para: dbeckmd@nyhosp.com
De: 13943928@comparama.com
Assunto: E.P. + D.P. /////////////////////
Vinte e uma barras. Já contei quatro vezes. Uma brincadeira de mau gosto, cruel. Eu sabia. Fechei o punho como se fosse dar um soco. Perguntei-me qual filho da puta tinha enviado aquela mensagem. É fácil se manter anônimo em e-mails – o melhor refúgio de um tecnocovarde. Mas o fato era que poucas pessoas sabiam da nossa árvore e do dia do primeiro beijo.
O que vai acontecer a partir desse ponto impede que o leitor simplesmente feche o livro sem que ler a próxima página. Foi uma leitura muito agradável e rápida. O autor tem uma forma bem simples de descrever os fatos e por mais insignificantes que algumas partes possam parecer, no final elas se mostram importantes para desvendar todo o mistério do livro.
Beijão!

Agosto premiado!

Postado por:

Tags:

Salve, salve, pessoal! Agosto chegou com força total e trouxe para o blog uma nova promoção. Desta vez eu me reuni com mais dois amigos blogueiros para trazer a vocês três grandes títulos. As regras serão simples, afinal, queremos dar a vocês inúmeras chances de levarem estes três presentes para casa, certo? De um lado teremos Névoa e O Oceano no Fim do Caminho, e no outro A garota que eu quero. Estão prontos?



E como faz para participar?
Basta você seguir as regras que estão no Widget do Rafflecopter, abaixo. As primeiras tarefas são obrigatórias, as seguintes são opcionais e servem para acumular pontos e aumentar suas chances. Você pode tuitar uma vez por dia e colocar o link do tweet na opção do Widget. Boa Sorte!


Participante, fique atento às informações abaixo:

1. Período de duração: 07.08.2013 à 31.08.2013;
2. O vencedor terá 72 horas para responder o e-mail a partir da divulgação do resultado;
3. O envio dos prêmios será realizado pelos blogs em até 45 dias;
4. O primeiro sorteado levará todos os livros;
5. É de extrema importância que os participantes cumpram todas as regras e as respeitem de forma clara e objetiva;
6. O descumprimento das regras "obrigatórias" acarretará na eliminação do participante;
7. O resultado da promoção não tem data definida, mas tentaremos divulgar o mais rápido possível.

Beijão e boa sorte!

3 vídeos que você deveria assistir!

Sabe, aquele vídeo que te prende e não te deixa mudar de página sem chegar ao final. Pois é, esses dias esbarrei em alguns no YouTube que ganharam o meu coração e se mostraram especiais, cada um a sua maneira. Por isso resolvi compartilhá-los com vocês. Talvez eles não toquem o seu coração, mas com certeza vai fazer você pensar em como a vida pode nos surpreender.

1. O primeiro é da campanha Hey St. Jude que traz uma das músicas mais famosas dos Beatles para homenagear e comemorar o aniversário do St. Jude Children’s Research Hospital, que há 50 anos luta contra o câncer infantil. Assim como eu disse no começo, é incrível pensar em como determinadas coisas na vida podem nos surpreender. Poderia dizer coisas do tipo: "enquanto você reclama da vida tem alguém em algum lugar do mundo com um problema maior que o seu" ou "você deveria agradecer pelo o que tem" ou qualquer um desses clichês que todos sabemos de cor, mas só posso dizer que é um vídeo emocionante.



2. Esse vídeo foi criado pela P&G para as olimpíadas de 2012. A ideia do vídeo é mostrar que "O trabalho mais difícil do mundo é o melhor trabalho do mundo".



3. Por último, a campanha da Apple: Pense Diferente. ^^



E aí Mi, não eram só três. Então, não podia deixar esse de fora. Acredito que muitos já tenham visto esse vídeo em algum momento. Confesso que às vezes assisto apenas para lembrar de não esquecer dos meus sonhos e da importância de fazer o que realmente gostamos e nos faz sentir bem. Para quem não conhece, esse é um dos discursos mais famosos do Steve Jobs. Vale muito a pena assistir. :)



Beijão!
DEZOITO PRIMAVERAS - ONLINE DESDE 2012. DESIGN E PROGRAMAÇÃO POR MICHELLY MELO (Eu!). Todos os direitos reservados