Gosto de pensar em como serão as coisas daqui a alguns anos. Sabe, onde vou estar morando ou qual será o meu trabalho. Não que eu queira controlar tudo que vai acontecer, acho que está mais para curiosidade. Quem nunca se pegou imaginando o futuro? Depois de tantos anos já passei por várias versões (se é que eu posso chamar assim) do mesmo sonho.

Uma certa vez eu estava louca pela pirâmides astecas e toda a aquela coisa histórica sobre elas, naquele ano imaginei que no meu futuro estaria morando no México, talvez em alguma cidadezinha próxima daquelas pirâmides enormes. Adorava o espanhol, não curtia muito o clima quente, mas tinha certeza de que seria o lugar perfeito. No ano seguinte tudo tinha mudado. Eu queria estar na Inglaterra. Já não gostava tanto assim do espanhol e preferia o inglês, embora o inglês não seja o meu forte. Acho que a única coisa que se mantinha de certa forma igual era o meu trabalho. E ainda hoje, por mais que tudo continue mudando, mantenho firme a mesma ideia.

Às vezes me decepciono com a ordem que as coisas acontecem. É difícil entender que nem sempre as coisas seguem uma ordem lógica para gente, mas gosto de me divertir imaginando.