Uma vida de gente grande

Imagem via flickr
Três anos atrás eu poderia dizer com toda a certeza do mundo que a vida não era esse bicho de sete cabeças que todo mundo pinta. Eu estava no último ano do Ensino médio e doida para começar a faculdade de uma vez. Tinha 17 anos. Não trabalhava e não tinha medo da prova do vestibular, mas tinha um medo danado de decepcionar os meus pais caso eu não passasse. Eu não passei. Não de primeira. Foi no meio do ano seguinte que a tão esperada lista saiu. Nem preciso explicar a felicidade que é ter um sonho realizado, mas aquele foi diferente.

De lá para cá, muitas coisas mudaram. Não só na minha rotina, como nos meus objetivos. Aquela preguiça boa de poder estar em casa e só ter que estudar ficou para trás. Poderia até dizer que enfim é uma “vida de gente grande”, mas acho que não é só isso que conta.

No meio do caminho tive que aceitar que é preciso mudar para chegar onde quero. Mas também aprendi que é preciso coragem para entender que o que precisamos nem sempre é o que teremos. Sei que ainda vou bater muito com a cabeça para entender certas coisas, mas sei que algumas também eu vou tirar de letra. Acho que esse é significado de ter uma “vida de gente grande”. É saber que vai além das responsabilidades... que significa mudanças.

4 comentários:

  1. MIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, sua lindaaaaaaa, que saudade! *---* Sentiu minha falta? Hahaha, eu senti a sua! ♥ Desculpe a ausência, viu? :c Caraca, meu Deus! Vida de gente grande... Confesso que estou ansiosa, mas ao mesmo tempo, com medo. Sei que ainda está longe, tenho 14 anos, mas de qualquer forma, o tempo passa rápido. Fiquei suuuuuuuper feliz por você, Mi, por ter passado no Vestibular, mesmo que da segunda vez *0* E sinceramente? Embora nossos pais confiem em nós e digam que não irão se decepcionar se não passássemos, sei que irão sentir uma pitadinha de decepção, pequenina que seja. :3 Mas não tenho medo. Tenho fé. ♥ Nooossa, imagino como deve ser sua rotina agora, essa sua vida de gente grande, hahaha! E sim, o que precisamos, nem sempre teremos. Aprendi com a vida isso, hahaha! Mudanças... Ah, mudanças fazem parte da vida. Eu amo mudanças *-*

    Ameeeeeeeei seu texto! Ele não é fictício, né? Hahaha ♥

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOOOS! ♥

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
  2. Nossa... Inspirador. Realmente gostei! Descobri seu blog pelo meu selo do Rotaroots. Vou acompanhá-lo. Todo ele é bem lindo, rs.

    Beijos
    mari
    www.vinteepoucos.com

    ResponderExcluir
  3. Estou apenas começando a minha vida de gente grande estudando e procurando emprego, e já quero voltar para o conforto da minha adolescência repleta de drama queen :s
    Força pra gente Michelly, para que a gente saiba não só aceitar, mas lidar com as mudanças.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto !!! Exatamente como eu me sinto hoje. É interessante observar como nossos objetivos mudam né ??? Quando somos mais jovens, as vezes nem precisar ser muito jovem assim, e queremos muito uma coisa, mas depois que amadurecemos um pouco percebemos que não era exatamente aquilo que queríamos, ou que o momento em que estamos agora é muito melhor do que o que pensamos que iriamos ser !!!
    Parabéns pelo texto !!!
    Beijinhos

    http://www.ryokobel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir