O que fazer quando faltam palavras? Não só palavras que precisam ser escritas, mas também me lembro das que precisam ser ditas com urgência. Aquelas que por vezes ficam escondidas, com medo de encontrar palavras amargas no caminho ou pessoas que não saibam entender o seu significado.

Tenho muitas como estas guardas, meio que esperando “o momento certo”, porque eu preciso acreditar que esse instante vai chegar. Assim como qualquer outro ser humano, eu preciso acreditar em alguma coisa. Escolhi acreditar no que tem de mais difícil nessa vida: o tempo. Enquanto tantos outros pedem para que ele avance de pressa, eu só queria que ele parasse, queria que o tempo andasse devagar. Talvez, quem sabe, só para esperar que ele desse o primeiro passo. Sabe, como se fosse um empurrãozinho, só para te dar o impulso necessário para agarrar a coragem e ir em frente.