Faz muito tempo desde que consegui sentar em frente ao computador e escrever. Costumava ser mais fácil, as ideias vinham com mais facilidade, sem esforço, sem cobrar demais. Escrevia com amor, com carinho, sobre qualquer coisa. Mas como disse, já faz muito tempo.

Desta vez foi diferente.

Resolvi escrever, o papel e caneta ganharam espaço. Não me preocupei em organizar as ideias, não queria perder a coragem. As palavras foram surgindo, não tão fácil como costumava ser, mas aos poucos foram se encaixando, uma a uma.

É uma pena, porque – assim como muitos – este ficará guardado. Talvez para um dia qualquer, daqueles que você sente vontade de relembrar a pessoa que costumava ser. Não, não por saudade, mas para ter certeza de que valeu a pena todo o esforço, para você enfim poder dizer que valeu a pena mudar.