As Fases da Lua - Editora Gutenberg


Antes de qualquer comentário, quero dizer que eu estou apaixonada por este livro. Ele foi uma surpresa e das boas.


Escrito por cinco grandes autoras, “As Fases da Lua” traz contos leves, românticos e inspiradores. O que eu mais gostei? O cuidado que cada autora teve ao construir sua história. As personagens são tão reais que é impossível não se identificar com elas.


Em sua primeira fase, a lua crescente nos apresenta a Alice. Uma garota cheia de atitude, de resposta fácil e decida a conquistar o mundo. Após o nascimento da sua irmã as comparações foram inevitáveis. Valentina era a bonequinha (e a queridinha) da família, enquanto Alice era o tipo de garota que todos diziam que “vai dar trabalho”. É por isso que Alice considera sua tia Antônia como uma mãe, ela é a única que lhe deu carinho.

Decidida a deixar a sua pequena cidade para trás e com a certeza da aprovação na primeira fase do vestibular, Alice sonha com o seu futuro em São Paulo.

O tempo da espera pela segunda fase do vestibular veio para mudar os seus planos. Alice apaixona-se perdidamente por Gustavo, vocalista de uma banda da cidade. O cara é lindo, canta muito bem e também está afim dela. Ela deixa os estudos de lado e os dois passam a maior parte do tempo juntos. Até que acontece o que menos esperava. Com a reviravolta na sua vida, ela descobre, tarde demais, quem o garoto realmente é. Junto com sua tia Antônia, passa pelo o que imaginava ser a pior parte da sua vida.

Depois da segunda fase do vestibular, Alice realiza o seu sonho. Enfim, na cidade grande com os seus melhores amigos – Maurício e Carlos – sonha em esquecer tudo o que viveu. Até descobrir que seu ex-namorado está em um novo relacionamento e com alguém próximo dela.

Talvez a história mais real deste livro. A vida de Alice não é nada diferente do que acontece com muitas meninas e a autora soube explorar isto de uma forma verdadeira e incapaz de passar despercebido. A escrita é leve, clara e emocionante. Dando um belo início ao livro.


A segunda fase é da lua cheia e traz junto com ela a Lena, uma mulher extremamente ansiosa e apaixonada por Eduardo (ou Du), um cara que some e aparece quando quer. Lena é professora de artes e detesta o trabalho que tem. Ela sonha em poder viver apenas das suas ilustrações. Mas todas as suas energias para correr atrás desse sonho são desperdiçadas com o Du. Os dois se conheceram há um ano e desde então ele passa semanas ou mesmo meses sem falar com ela e volta quando quer sair.

Certo dia, uma amiga da época de colégio – Guilia – manda uma mensagem para Lena. Giulia foi morar na Itália quando elas estavam no nono ano e com o tempo perderam o contato. As duas conversam pouco, pois Lena está focada em acompanhar a vida de Du em todas as redes sociais, até que descobre que ele está namorando.

Decidida a esquecer a sua paixão, Lena vai para a Itália passar alguns dias com sua antiga amiga que acabou de perder o pai.

Diferente do que esperava, a sua ida até a Itália vai lhe ensinar muito e fazer com que volte a acreditar no que sabe fazer melhor: desenhar. Lena terá a chance reconquistar a sua confiança e descobrir que a vida pode ser mais interessante se conseguir desapegar do passado.

Ainda não sei dizer se isso é bom, mas me surpreendi com a forma que eu me identifiquei com a Lena. A sua obsessão por algo que não lhe faz bem é tão comum no que vemos todo dia, que é impossível não se enxergar nela. Essa é uma história de autoconhecimento e cheia de romance.


A lua minguante é a terceira fase do livro. Só Deus sabe o quanto eu me emocionei com essa história, chega a ser difícil descreve-la sem soltar algum spoiler, o que posso dizer é que tudo nela é sobre o amor. O amor que resiste a tudo, mesmo que o destino insista em muda-lo.

Bruna é uma mulher inteligente e dedicada ao que gosta de fazer. Noiva do seu melhor amigo de infância, ela sonha com a volta de Guilherme ao Brasil. Ele é o tipo de príncipe dos contos de fadas: é bonito, inteligente e está sempre preparando alguma surpresa para Bruna. Gui está nos Estados Unidos estudando para o MBA e logo estará de volta ao Brasil.

O amor deles resistiu à distância e ainda assim parece que eles estiveram juntos toda uma vida. São como os casais perfeitos que tanto vemos nos filmes, mas a vida se mostra surpreendente. Quanto mais tentamos controla-la, mais descobrimos que tudo pode mudar e nos mostrar que nem sempre acontece como desejamos.


A quarta fase traz a lua nova e com ela a história da Dora, uma oftalmologista dedicada e reconhecida pelo seu trabalho. Depois de seu último namoro com Tadeu, Dora deixou para trás o amor e focou na sua carreira, disposta a esquecer das marcas que esse relacionamento deixou em sua vida.

Durante um congresso em Salvador, enquanto aguarda a próxima palestra, Dora conversa ao celular, pelo viva-voz, com Sarah. Sua melhor amiga não consegue aceitar que ela se negue a entrar em um novo relacionamento, que se deixe envolver por um novo amor e pede para que sua amiga divirta-se mais. Ao entrar distraída no elevador, um desconhecido lindo, alto e com um sorriso arrebatador, acaba ouvindo toda a conversa. Dora não consegue pensar em mais nada e teme que isso possa abalar os seus sentimentos que já estavam perfeitamente organizados.

Uma história encantadora. É difícil dizer qual conto me chamou mais a atenção, mas definitivamente esse me surpreendeu. A cada página a minha torcida por ela foi aumentando e me deixando curiosa para saber o desfecho. É uma história muito bem construída e que não foca apenas no amor, mas também na amizade.


Por último, a lua azul. Com ela conhecemos Destiny (ou Des), que perdeu a mãe após uma overdose, nunca soube que era o seu verdadeiro pai. Des agora é filha adotiva por um Gail e Peter e tem um péssimo emprego.

Enquanto todos estavam encantados pela lua azul, realizando piqueniques e festas para celebrar, Des não dava nenhuma importância para isso. Até que encontra com um morador de rua conhecido por suas previsões sobre o fim do mundo e diz a ela: "Ache seu rumo, menina, antes que a lua exploda todo seu azul sobre você.". Com medo, ela tentar encontrar um significado para o que está acontecendo, Des percebe que há muitas coisas na sua vida que precisam ser repensadas e que precisa mudar.

Acho que foi o único que me decepcionou um pouco. A história é bem construída, a autora faz com que o leitor pense em vários pontos da vida, mas achei que a história foi rápida demais.


No geral, o livro é maravilhoso! Adoro livros com contos e todas as autoras criaram histórias emocionantes. A leitura é cativa o leitor ao ponto de se tornar extremamente rápida, mesmo para um livro de 350 páginas,


Este livro foi enviado pelo Grupo Editorial Autêntica // Conheça os livros da Editora Gutenberg.
  1. Eu amei a ideia desse livro, ele parece daqueles que faz a gente refletir sobre a vida, sobre nossas escolhas e afins. Isso me cativa muito em uma obra ♥ Adorei a resenha, tá um amorzinho e bem completa. Quer ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  2. Entrou pra minha lista de desejos! Com tantas autoras maravilhosas, não tinha como não ser incrível, né?! Gostei do fato de serem histórias "comuns", que a gente se identifica.

    Beijos,
    www.destemidagarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim! Ficou incrível o resultado! :D

      Excluir
  3. Oi, Michele!
    Eu morro de amores por esse livro, está diagramação tá tão linda e com a sua resenha, fiquei com muita vontade de ler. É muito amor!
    Vemk, sei que você não faz tutoriais, mas pode me indicar algum de como fazer esse efeito grade nos posts da página inicial daqui? Adorei e tento encontrar ele faz um tempo, mas nunca acerto :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, flor!
      O único tutorial que eu conheço é esse aqui: https://helplogger.blogspot.com.br/2014/01/create-magazine-style-layout-for-blogger-posts.html :)

      Excluir
  4. Primeiramente, o layout daqui está um amor <3
    Você tem ideia de como amo a capa desse livro? É lindíssima, adorei a sua resenha, com certeza me convenceu a comprar logo esse livro, quando vi que tinha um conto da Jennifer Brown eu sabia que ia ser coisa trágica rs.
    Abraços,
    pile of roses

    ResponderExcluir

DEZOITO PRIMAVERAS - ONLINE DESDE 2012. DESIGN E PROGRAMAÇÃO POR MICHELLY MELO (Eu!). Todos os direitos reservados