Um dia de cada vez


Em algum momento você entende, mesmo sem aceitar, sem concordar, você entende. Você deixa de viver olhando para trás, tentando fazer com que tudo volte ao normal, e segue adiante. Você entende que pode apenas mudar a sua vida, o rumo que decidiu seguir, e que as decisões das pessoas a sua volta você só poderá aceitar. Não poderá obriga-las a decidir.

As mensagens ainda tocam o coração de uma forma única, mas já não causam a mesma euforia. A saudade de tempos que não voltaram mais estará presente por muito tempo. Mesmo assim, eu não me queixo disso. Dizem que é pior se arrepender do que não fez. Saio exausta, mas com a bagagem cheia de momentos que me farão rir quando tudo isso passar. Isso sim me alegra. É um erro dizer que tudo foi inútil. A vida é um conjunto de momentos, sejam eles bons ou ruins. Um conjunto que só nos enriquece a alma. Clichê? Claro que sim! Não é a toa que tantos acreditam nisso. Vai por mim.

Eu entendi que preciso deixar que as coisas aconteçam e sem sentir que o mundo irá acabar se mudar um pouco a rota. Também entendi que não posso e não devo querer controlar tudo. É difícil, mas desde pequena a minha mãe me ensinou que a vida não é fácil.

0 comentaram:

Postar um comentário