Operação Red Sparrow (Jason Matthews)

Publicado originalmente no Brasil com o título "Roleta Russa", esta edição traz a capa inspirada no filme que recentemente chegou aos cinemas.


Sobre o livro


Dominika Egorova é uma garota diferente. Uma excelente bailarina, bonita, inteligente e dona de uma personalidade perigosa. Com a morte do pai, ela cairá nas mãos do seu tio, Vanya Egorova. Um homem desprezível que só pensa no próprio futuro. Ele quer chegar ao topo do serviço secreto russo e não irá se importar em passar por cima dos seus para chegar onde deseja. Seu objetivo é conseguir que a linda sobrinha seduza os inimigos do governo russo a fim de descobrir informações valiosas.


Nathaniel Nash vem de uma família importante e quer conquistar um bom currículo como agente da CIA. Ele é o operador responsável por um dos informantes mais valiosos dos Estados Unidos. Como agente da CIA sua obrigação é mantê-lo em segurança enquanto consegue informações das ações planejadas pelo governo russo. Depois de ficar exposto em sua última operação, que saiu completamente do seu controle, Nash foi transferido para Finlândia. Essa é sua oportunidade de salvar o restou de sua carreira.

Dois agentes do serviço secreto dispostos a defenderem o seu país e sua carreira. Vanya Egorova irá usar, mais uma vez, a sua sobrinha para arrancar do americano o nome do informante russo que está fornecendo informações para o governo americano. Aqui os caminhos de Dominika e Nash se cruzam e o jogo começa.


O que eu achei?


A história retrata a Rússia atual, pós Guerra Fria, governada a pulso firme por Vladimir Putin e os conflitos e a tensão entre duas grandes potências. O cenário não poderia ter sido apresentado de uma forma melhor. Esse foi o ponto alto do livro.

Romances policiais estão na minha lista de favoritos, já disse isso várias vezes por aqui. E este livro traz um grande enredo. Mas acho que alguns pontos ficaram soltos e a história ficou um tanto lenta. Alguns momentos não precisavam de tanto espaço e isso me deixou desanimada, porque parecia que a história não andava independente do quanto eu avançava na história. Foi depois da metade do livro que a história evoluiu e chamou a minha atenção novamente.

Ainda assim, gostei bastante de ver o outro lado da rixa entre a Rússia e os Estados Unidos. O livro mostra o ponto de vista de quem está dentro do sistema, dentro de todas as manipulações e ameaças. As investigações, os disfarces, tudo o que já estamos acostumados a ver nos cinemas é retratado de uma forma diferente e traz um pouco da realidade para perto de quem está lendo.

No geral, a história foi bem apresentada e trouxe um bom romance policial para os fãs do gênero. O final me decepcionou um pouco, mas foi o mais lógico para forma como a história se desenvolveu. Também deixa no ar o que poderá acontecer com Dominika e Nash. Um final pronto para uma continuação.
  1. Olá!

    O livro me chamou muita atenção!
    Nunca li nada que aborde o tema da Guerra Fria e acho que foi isso que me despertou ainda mais interesse.
    Adorei sua opinião sobre o livro. Já coloquei na minha wishlist ;D

    Adorei seu blog também.
    Estou seguindo <3
    Beijos, https://psamoleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Achei interessante o livro abordar esse contexto histórico, acho que foi isso o que mais me chamou a atenção!
    Eu andei me decepcionando bastante com romances policiais, justamente pelo ritmo das histórias e aquele insistente sentimento de que poderia ter sido um livro melhor desenvolvido... estou dando um tempo de livros desse gênero, mas um dia volto a me animar novamente hahaha
    Um beijo

    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tema foi o que eu gostei também!
      Não sei se já leu, mas vale a pena ler "A Grande Ilusão" do Harlan Coben. Acho que foi uma das histórias mais bem desenvolvidas dele!

      Excluir